terça-feira, 25 de setembro de 2007

Pesca com moscas e ultra light, utilizando o caiaque

Final de semana chegando. Você planeja uma pescaria, pois ninguém é de ferro. Pronto, aposto que, em menos de um minuto, a dúvida sobre onde pescar aparece. Pesque-Pague?? Ahhh Não. Gostaria de algo na natureza, não um pesqueiro. Pois é, amigo!!! Eu também já tive essa dúvida muitas vezes. Normalmente, perto de nossa cidade sempre existe alguma lagoa, represa, rio, mar etc, porém, nem sempre temos a oportunidade de acesso, caso não tenhamos um barco, motor, etc, ou mesmo a companhia de um guia que tenha toda essa estrutura. Pensando nisso e visitando alguns sites americanos de pesca, descobri uma opção extremamente prazerosa, simples e econômica para se pescar embarcado; um caiaque!!! Isso mesmo, um caiaque do tipo aberto, sit-on-top, ou seja, não tem aquele buraco que o sujeito vai dentro, mas uma confortável cadeirinha No mundo afora, descobri pelas ondas da internet que, existem milhares de pescadores que usam o caiaque como meio de transporte em suas pescarias, inclusive caiaques projetados especificamente para pesca com multidões participando de campeonatos, excelentes clubes de pescadores que usam somente os caiaques em suas locomoções e um verdadeiro arsenal tecnológico de sistema de montagens/fixação de suportes de varas, console para câmara fotográfica, sonar, rádio e outras tantas parafernálias que deixa qualquer um impressionado com a seriedade que muitos levam o esporte.
De posse de todas as informações necessárias, parti para a escolha do modelo e logo adquiri meu primeiro caiaque, na qual adaptei todos os sistemas de fixação de varas, remo, poita e demais acessórios, deixando-o pronto para minhas incursões, tornando-o como um caçador/pescador sorrateiro. Não pude fazer escolha melhor, pois veja: - fácil transporte; pesa somente 20 quilos e vai em qualquer bagageiro de automóvel. - posso frequentar qualquer represa, lago, mar ou rio, independente de ter ou não rampa para descida de barcos. Você pode descê-lo na mão. - navegação bastante segura; por se tratar de um caiaque rotomoldado e estanque, não afunda e tem excelente estabilidade pois estes caiaques possuem o fundo plano dotado de quilha. - acesso em praticamente qualquer ponto de pesca com até 40 cm de profundidade. - deslocamento rápido. - aproximação super silenciosa aos pontos de pesca. - integração total à natureza.. - não polui, não tem barulho nem tem cheiro de gasolina e óleo.
Alguns caiaques chegam ao extremo da praticidade; possuem motor elétrico para seu deslocamento, usando inclusive sonares para localização de cardumes e demais comodidades para passar o dia pescando. De posse de meu caiaque pronto e montado, o segundo passo foi escolher uma represa para a estreia. Como tinha intenção de pescar em algum lugar perto de onde moro (São Paulo),escolhi a represa de Atibainha para a estreia, distando da capital aproximadamente 80Km. Com tudo pronto, o caiaque no bagageiro do carro, as varas de fly e um conjuntinho ultra-light de baitcast, lanches, água, etc., rumei para a represa em busca de tucunarés, blacks e traíras que comumente frequentam aquelas águas. Sábado bem cedo! O dia estava maravilhoso, com poucas nuvens e a água parecia um espelho. Caiaque na água, rumo a uma margem direita do ponto de saída e concluo, nas primeiras remadas, que o negócio é muito bom e seguro. Como o meu caiaque é de fundo plano e com quilha, a navegação mostrou-se muito estável, com excelente deslocamento, facilitando o acesso aos pontos de pesca, não demorando muito tempo para atingi-los. Assim que chego num pequeno píer, próximo de uma casa na beira dágua, notei o movimento de tucunarés caçando nas margens. Coloquei o remo no prendedor e com uma varinha de fly #3 que estava no suporte, dei um arremesso e a fisgada foi certa. O primeiro peixe do dia mostra sua força. Fotografado e devolvido, o tucunarezinho sai à toda velocidade, livre, para o fundo.
Parti para outros pontos de pesca navegando, inclusive nas parte mais profundas da represa, à procura de grotas, capinzeiros e troncos, estruturas que denunciassem a morada do peixe.“Como um silencioso e sorrateiro caçador”; essa é a sensação que temos quando se pesca com caiaque, com aproximação sutil e silenciosa, observando bem de perto todo o movimento dos peixes incautos, assim, tenho a plena sensação de integração à natureza sem os odores de gasolina nem barulho. Um pincho aqui e outro acolá, vou me deliciando nas águas de Nazaré/Atibainha, impressionado com a boa escolha que fiz ao adquirir meu caiaque. Observei que, com barco motorizado, muitos pequenos pontos de pesca são desprezados, pois na ânsia de chegarmos aos pontos conhecidos e deslocando-se a grande velocidade, não os vemos e, na maioria das vezes, os peixes estão tão perto que nós não percebemos. Em síntese: a navegação com caiaque é muito segura. Claro... não devemos facilitar as coisas, portanto, fazer uso de um bom colete salva-vidas, óculos de sol para proteção, pois uma isca pode atingir seus olhos e protetor solar.
Em muitas represas que existem perto de casa, pode-se pescar de tudo... lambaris, tucunarés, tilápias, traíras, sem contar com os peixes de mar, para quem é felizardo em morar no litoral. Usando um conjuntinho de fly ou equipamento baitcast leve, além dos peixes mencionados, podemos nos deliciar usando moscas secas, streamers e ninfas: um verdadeiro show de pescaria.
Você poderá tirar suas dúvidas, trocar ideias, comprar seu caiaque e conhecer pessoas que pescam, mergulham ou simplesmente passeiam com essas embarcações visitando os muitos sites existentes no Brasil e no exterior.
Converse com os amigos pela internet, descubra seu estilo, a maneira que mais lhe agrada, compre um caiaque e vá pescar. Você terá diversão garantida, sem stress e uma recarga de energia que seu coração e sistema nervoso vão lhe agradecer! Boa Sorte, amigo
Abraço à todos: Régis (Reginaldo Bueno das Neves)

3 comentários:

Ronaldo disse...

Você já pescou em rios com o caiaque? Já tombou o caiaque alguma vez? sou acostumado a pescar no Rio Grande, mas sempre ando longas distância de barco até chegar nos pontos de pesca. Mas quero comprar o caiaque e começar a pescar em lugares mais próximos de são paulo, sp.

Aline Patricia Horikawa disse...

Nossa que maravilha de imagens. Sensacional demais.
parabéns pelas pescarias e por compartilhar com a gente.

Abraços

Reginaldo Bueno disse...

Ronaldo, já pesquei em rios mas fique de olho nas corredeiras. O ideal é pescar em locais mais abrigados. Grato